OLHO VIVO NO DINHEIRO PUBLICO

Tudo que o Governo (Prefeitos, Governadores e Presidente) gasta vem dos impostos e taxas que pagamos.



A Prefeitura deve incentivar a participação

popular na discussão de planos e orçamentos.

Suas contas devem ficar disponíveis paras

qualquer cidadão.

(Lei de Responsabilidade Fiscal, art. 48 e 49)




Não é dever e sim obrigação. Com esse intuido nos perguntamos como podem o proprietários que tanto pediram os mata burros (fotos abaixo) agora colocarem porteiras nos mesmos. Entendemos que a Prefeitura não realizou a devida manutenção nos mesmos, mas isso é inaceitável porque as pessoas que usam esta estrada agora tem novamente que parar seus veiculos/motos para abrirem as porteiras.

Bom, contudo neste pequena amostra dá pra se notar que nossos vereadores tambem se preocupam muito pouco com o destino das verbas do municipio. Com isso deixamos de ter lazer, turismo, saúde, educação, saneamento e muitas outras coisas que são de nosso direito.

O favorecimento de poucos acaba neste tipo de situação, infelizmente não é um caso isolado. Agora vemos uma pesquisa em um site do Municipio em que está se discutindo a aprovação de uma lei onde vai favorecer os compadres e o coronéis.

O PT de Piranguçu faz uma unica pergunta, onde ficam os menos favorecidos nesta história?

Morre um dos Grandes Companheiros de Lula


Hoje por volta das 14horas, faleceu o incansado José de Alencar, ex Vice Presidente do Brasil, um dos companheiros mais fiel do Lula. O nosso companheiro Ulysses teve junto com ele por diversas vezes.


Ulysses garante prazo que beneficia servidores mineiros

Na pauta da Reunião Extraordinária da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, na tarde desta terça (22/3), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Ulysses Gomes garantiu a inclusão de um prazo num projeto de lei, que beneficiará os servidores mineiros.
A comissão votou o Projeto de Lei 6/2011, que modifica a legislação que deu origem ao Fundo de Assistência ao Pecúlio dos Servidores do Estado de Minas Gerais, o FUNAPEC. A modificação da Lei, aprovada pela Comissão (da qual Ulyssses é membro), garante a continuidade da participação dos servidores municipais já conveniados e dos servidores da Justiça não remunerados pelo Estado (como antigos servidores e delegatários de cartórios, juizes de paz etc), desde que regularmente inscritos na carteira.
Um de seus artigos, porém, frisava que “o Projeto de Lei aplica-se exclusivamente aos servidores que estejam em dia com as contribuições para Plano de Pecúlio e Seguros do IPSEMG (Instituto dos Servidores do Estado de Minas Gerais) na data de publicação”.
Ulysses pediu uma alteração neste artigo, concedendo um prazo de 90 dias para que o servidor que não estiver em dia com suas contribuições possa regularizar sua situação, e, assim, usufruir do benefício. “O cidadão tem direito de se preparar num caso assim, não pode ser excluído de um benefício por uma situação de inadimplência quando não foi previamente comunicado disso”, afirmou o deputado. O relator acatou a sugestão de Ulysses, alterando o Projeto de Lei, aprovado então por unanimidade pelos membros da Comissão.
Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Ulysses Gomes

MANDATO DOS DEPUTADOS ULYSSES E ODAIR PRESENTE NO SUL DE MINAS.

Além das várias audiências que o grupo de 27 prefeitos petistas tiveram durante todo o dia de hoje, nos ministérios em Brasíla, os deputados Ulysses e Odair Cunha voltaram ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, onde foram recebidos pelo chefe de gabinete Eduardo Serrano. Mais cedo, o próprio ministro Pimentel havia recebido o grupo de prefeitos petistas.

Nesta segunda etapa de reunião, estavam presentes os prefeitos de outros municípios: São Sebasitião da Bela Vista, Córrego do Bom Jesus, Gonçalves, Senador Amaral, Careaçu, Piranguçu, Consolação, Cachoeira de Minas, São José do Alegre, Natércia e Virgínia.

Este grupo buscava junto ao Ministério investimentos para suas cidades, além do repasse municipal de verbas em atraso do Governo Federal. A situação de todos esses municípios é semlehante: todas elas têm hoje poucas condições de finalizar suas obras ou atrair novos investimentos para seus municípios.

O deputado Odair Cunha sintetizou o sentimento geral e deu uma sugestão para a solução do problema: "Somos de uma região privilegiada, a 200km dos grandes centros. Empresas procuram nossas cidades, que quase sempre não têm como recebê-las, desde a oferta de mão de obra especializada a um terreno para instalação. Poderíamos criar um programa para a instalação de parques industriais em nossas cidades", sugeriu Odair.

Segundo Eduardo Serrano, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior conta com uma secretaria voltada para oferecer ajuda e suporte às prefeituras. "No que for possível, vamos atender essas prefeituras, tanto ajudando na estruturação de seus parques industriais como repassando as verbas mais atrasadas", disse Serrano.

Os Jovens não tem mais o que fazer?

Não, não tem. Jovens, em cidade como Piranguçu, não têm nada o que fazer. Realmente, uma coisa que me incomoda demais. Na falta de algo útil a se fazer, é claro, caem na gandaia. Eu sei que tem época pra tudo, que o início da juventude é um mundo de delícias e altas descobertas, hormônios à flor da pele, sexo começando a ser possível, curiosidade sobre tudo o que tem por aí. E a droga reinando poderosa nesse meio, fazendo de reféns aqueles que não têm outras coisas mais interessantes pra curtir.
Os municípios precisam de políticas públicas para a juventude, que envolvam a Cultura, a Educação, o Esporte, a Promoção Social, o Meio Ambiente, enfim, tudo pode ser articulado e conectado para ações coordenadas que ofereçam uma alternativa à droga. Não adiantam ações isoladas e temporárias. É preciso um sistema completo, integrando todas essas áreas citadas, pegando os meninos e meninas em todos os aspectos e ambientes que eles possam estar.
Piranguçu não tem teatro, nem oficinas. Não tem cinema. Não tem, por exemplo, espaço público em que essa meninada possa aprender a tocar um instrumento, possa aperfeiçoar os passos de dança de rua. Não tem um espaço em que a moçada possa se divertir sem que seja a mesa de um bar. Fica difícil concorrer com o ócio, vizinho da droga.

Essa história é, realmente, uma droga!

Aniversário de Piranguçu

Piranguçu, minha cidade eleita do coração... são 48 anos desde a sua fundação... e eu estou aqui , em teu seio, já há quase 20 anos...eu te adotei tu me adotaste! Terra abençoada, cheia de gente boa, agradável Piranguçu é o berço que ampara seus filhos... Apesar de tudo, tens riquezas mil. Espero que teus filhos saibam cuidar de ti, minha cidade querida, que nossas crianças aprendam a cidadania praticando o amor por ti, que nossos políticos pensem menos nos benefícios pessoais e muito mais nos benefícios para seus cidadãos... Em fim, minha linda cidade de Piranguçu. Quero desejar-lhe um feliz aniversário e dizer que no que depender de mim, teu progresso e teu crescimento jamais deixarão de existi, pois te amo muito e aprendi a ser Piranguçuense com muito orgulho.
Parabéns, pelos seus 48 anos de idade